Hesíchia de Sousa Brito
Seja Bem-vindo ao Fórum da U.E. Hesíchia de Sousa Brito!

Cadastre-se para participar de nossos eventos e discussões!

A Moderação!

Atividade sobre Romantismo (Brasil) e Pronomes (Junho / 2012)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Atividade sobre Romantismo (Brasil) e Pronomes (Junho / 2012)

Mensagem  Administrador em Ter Jun 26, 2012 10:16 am

UNIDADE ESCOLAR HESÍCHIA DE SOUSA BRITO
ENSINO MÉDIO
2º ANO ____ - TARDE
PROFESSOR: JOÃO PAULO BRITO RIBEIRO
ALUNO(A): ______________________________________________

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Romantismo - Brasil
1 O trecho a seguir é parte do poema “Mocidade e morte”, do poeta romântico Castro Alves:

Oh! eu quero viver, beber perfumes
Na flor silvestre, que embalsama os ares;
Ver minh'alma adejar pelo infinito,
Qual branca vela n'amplidão dos mares.
No seio da mulher há tanto aroma...
Nos seus beijos de fogo há tanta vida...
–– Árabe errante, vou dormir à tarde
À sombra fresca da palmeira erguida.
Mas uma voz responde-me sombria:
Terás o sono sob a lájea fria.
ALVES, Castro

Esse poema, como o próprio título sugere, aborda o inconformismo do poeta com a antevisão da morte prematura, ainda na juventude. A imagem da morte aparece na palavra:
(A) embalsama.
(B) infinito.
(C) amplidão.
(D) dormir.
(E) sono.

2. O retorno à Idade Média foi, em Portugal, manifestação de uma característica do Romantismo.
a) Que característica foi essa?
b) Qual a manifestação correspondente no Romantismo brasileiro?

3.O texto abaixo apresenta, basicamente, três partes: a realidade, o sonho e a realidade novamente. Aponte o início e o fim de cada uma das partes. Compare as duas partes relativas à realidade com a parte relativa ao sonho.

Oh! ter vinte anos sem gozar de leve
A ventura de uma alma de donzela!
E sem na vida ter sentido nunca
Na suave atração de um róseo corpo
Meus olhos turvos se fechar de gozo!
Oh! nos meus sonhos, pelas noites minhas
Passam tantas visões sobre meu peito!
Palor de febre meu semblante cobre,
Bate meu coração com tanto fogo!
Um doce nome os lábios meus suspiram,
Um nome de mulher... e vejo lânguida
No véu suave de amorosas sombras
Seminua, abatida, a mão no seio,
Perfumada visão romper a nuvem,
Sentar-se junto a mim, nas minhas pálpebras
O alento fresco e leve como a vida
Passar delicioso... Que delírios!
Acordo palpitante... inda a procuro:
Embalde a chamo, embalde as minhas lágrimas
Banham meus olhos, e suspiro e gemo...
Imploro uma ilusão... tudo é silêncio!
Só o leito deserto, a sala muda!
Amorosa visão, mulher dos sonhos,
Eu sou tão infeliz, eu sofro tanto!
Nunca virás iluminar meu peito
Com um raio de luz desses teus olhos?

4. (FUVEST-SP)
I.Pálida à luz da lâmpada sombria
Sobre o leito de flores reclinada
Como a lua por noite embalsamada
Entre as nuvens do amor ela dormia!

II.Uma noite, eu me lembro... ela dormia
Numa rede encostada molemente...
Quase aberto o roupão... solto o cabelo
E o pé descalço no tapete rente.

Os dois textos apresentam diferentes concepções da figura da mulher. Se ambos os textos são românticos, como explicar a diferença no tratamento do tema? Apontar nos dois textos situações contrastantes que revelam essas diferentes concepções.

5. Cite um fato histórico que influenciou o Romantismo.

6. O romantismo está relacionado com o surgimento de um novo público leitor. Qual?
7. Leia o texto de Álvares de Azevedo a seguir e responda as questões propostas:

Idéias Íntimas (fragmentos)
“Parece-me que vou perdendo o gosto
(...) Passo as noites aqui e os dias longos;
Dei-me agora ao charuto em corpo e alma;
(...) Meu pobre leito! Eu amo-te contudo!
Aqui levei sonhando noites belas;
As longas horas olvidei libando
Ardentes gotas de licor doirado,
Esqueci-as no fumo, na leitura
Das páginas lascivas do romance...

Meu leito juvenil, da minha vida
És a página d’oiro. Em teu asilo
Eu sonho-me poeta, e sou ditoso,
E a mente errante devaneia em mundos
Que esmalta a fantasia! Oh! Quantas vezes
Do levante sol entre odaliscas
Momentos não passei que valem vidas!
Quanta música ouvi que me encantava!
Quantas virgens amei!(...)
Ó meus sonhos de amor e mocidade,
Por que ser tão formosos, se devíeis
Me abandonar tão cedo... e eu acordava
Arquejando a beijar meu travesseiro?

Parece que chorei... Sinto na face
Uma perdida lágrima rolando...
Satã leve a tristeza! Olá, meu pajem,
Derrama no meu copo as gotas últimas
Dessa garrafa negra...

(...) E no cérebro passam delirosos
Assomos de poesia... Dentre a sombra
Vejo num leito d’oiro a imagem dela
Palpitante, que dorme e que suspira,
Que seus braços me estende...

Eu me esquecia:
Faz-se noite; traz fogo e dois charutos
E na mesa do estudo acende a lâmpada...”

a) Destaque os versos do poema que, ironicamente, destroem a idealização amorosa.

b) Pode-se entender, por meio da última estrofe do poema, que a viagem foi encerrada? Por quê?

c) Que tipo de visão o eu lírico tem quando sob os efeitos do álcool?

d) De que modo o eu lírico tornava as “longas
horas” menos dolorosas?

e) Que sonhos criava quando se encontrava no leito?

8. Leia o texto e assinale falsa ou verdadeira.

“Descansem o meu leito solitário
Na floresta dos homens esquecida,
À sombra de uma cruz, e escrevam nela:
- Foi poeta – sonhou – e amou na vida.”

a) os versos fazem parte de um longo poema de Gregório de Matos.
b) Mostram como Álvares de Azevedo foi marcado pelo tema da morte e da solidão.
c) São típicos da poesia Pau Brasil.
d) Definem o poeta tal qual o concebia o Realismo.
e) São típicos do Mal do Século.


9. “Pálida, à luz da lâmpada sombria,
Sobre o leito de flores reclinada,
Como a lua por noite embalsamada,
Entre as nuvens do amor ela dormia!

Era a virgem do mar! Na escuma fria
Pela maré das águas embaladas!
Era um anjo entre nuvens d’alvorada
Que em sonhos se banhava e se esquecia!”

a) transcreva as expressões que mergulhem a mulher num mundo irreal, idealizado e distante.

10. No poema do exercício anterior , observamos que a mulher aparece frequentemente na poesia de Álvares de Azevedo como figura:
a) sensual
b) concreta
c) próxima
d) natural
e) inacessível

11. “Ó guerreiros da Tribo Tupi
Ó guerreiros, meus cantos ouvi.”
A geração da poesia romântica aí representada é:
a) pré-romântica
b) social
c) indianista
d) mal do século
e) ultra-romântica

12. Assinale o contexto histórico do período do romantismo:
a) Iluminismo
b) Revolução Francesa
c) Inconfidência Mineira
d) Impeachment do Collor
e) Descobrimento do Brasil

13. O Romantismo está relacionado com o surgimento de um novo público leitor. Qual é essa classe?
a) burguesia
b) senhores feudais
c) nobreza
d) escravo
e) fazendeiro

14. Marque a alternativa que não caracteriza a estética romântica:
a) subjetivismo
b) primado do sentimento
c) culto à natureza
d) pessimismo
e) objetivismo

15. A impossibilidade de realizar o sonho absoluto do Eu gera inquietude, desespero, frustração, que levam às vezes ao suicídio, refletindo a evasão na morte, solução definitiva para o:
a) culto ao real
b) nacionalismo
c) culto ao fantástico
d) mal do século
e) indianismo

16. “Minha terra tem palmeiras
Onde canta o sabiá
As aves que aqui gorjeiam
Não gorjeiam como lá.”
O fragmento acima, de um poema de Gonçalves Dias caracteriza o:
a) nacionalismo
b) mal do século
c) culto ao fantástico
d) pessimismo
e) fantasmagórico

17. Sobre o Romantismo brasileiro é correto afirmar que:
a) teve como obra inicial Iracema, de José de Alencar
b) trata da temática sagrado X profano
c) tem como contexto histórico o Iluminismo
d) de modo geral, os poetas têm uma visão da mulher de forma real, não idealizada
e) em sua segunda fase, apresentou poetas cuja inclinação para o mistério e a morte os colocava sobre o clima do “mal do século”

18. Assinale a alternativa em que se encontram características do movimento literário ao qual se dá o nome de Romantismo:
a) predomínio da razão
b) busca de temas nacionais, sentimentalismo e imaginação
c) arte pela arte
d) desejo de expressar a realidade objetiva
e) imitação dos antigos gregos e romanos


Leia o poema abaixo para responder as questões 19, 20, 21, 22, 23, 24, 25 e 26.

Canção do Exílio
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso Céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.

Em cismar, sozinho à noite,
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar – sozinho, à noite –
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terra tem palmeiras onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra
Sem que eu volte para lá;
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu’inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá.
(Gonçalves Dias)
Portugal, julho de 1843.

19. Explique o título do poema

20. Esse poema ilustra uma característica básica do Romantismo. Qual? Justifique sua resposta com fragmentos do poema.

Observe agora que o poema está organizado a partir da oposição entre dois espaços; a pátria – com os elementos que a caracterizam – e o exílio.

21.Que palavras do texto evidenciam essa antítese?

22.Como é cada um desses espaços para o eu lírico?

23.Que sentimentos ele manifesta em relação à pátria?

24.Esses sentimentos são expressos sobretudo em relação à natureza brasileira: palmeiras, sabiá, bosques e etc. o eu lírico é objetivo e imparcial ao descrever essa natureza? Por quê?

25. Onde é lá? E cá?

26.O Nativismo significa a presença, nos textos literários, de alguns vestígios da natureza ou da vida social do Brasil. Nacionalismo, por sua vez, é um conceito mais amplo, porque envolve a idéia de nação, povo e de uma identidade cultural que os represente. Você acha que o poema de Gonçalves Dias é nativista ou nacionalista? Justifique.

27. Descansem o meu leito solitário
Na floresta dos homens esquecida,
À sombra de uma cruz, e escrevam nela:
- Foi poeta – sonhou - e amou na vida.
Assinale Falsa ou Verdadeira:

a)Os versos fazem parte de um longo poema de Gregório de Matos.
b)Mostram como Álvares de Azevedo foi marcado pelo tema da morte e da solidão.
c)Definem o poeta tal qual o concebia o Realismo.
d)São típicos da poesia Pau-Brasil.
e)São típicos do Mal do Século

Gramática - Pronomes
1. (IBGE) Assinale a opção que apresenta o emprego correto do pronome, de acordo com a norma culta:
a) O diretor mandou eu entrar na sala.
b) Preciso falar consigo o mais rápido possível.
c) Cumprimentei-lhe assim que cheguei.
d) Ele só sabe elogiar a si mesmo.
e) Após a prova, os candidatos conversaram entre eles.

2. (IBGE) Assinale a opção em que houve erro no emprego do pronome pessoal em relação ao uso culto da língua:
a) Ele entregou um texto para mim corrigir.
b) Para mim, a leitura está fácil.
c) Isto é para eu fazer agora.
d) Não saia sem mim.
e) Entre mim e ele há uma grande diferença.

3. (U-UBERLÂNDIA) Assinale o tratamento dado ao reitor de uma Universidade:
a) Vossa Senhoria
b) Vossa Santidade
c) Vossa Excelência
d) Vossa Magnificência
e) Vossa Paternidade

4. (BB) Colocação incorreta:
a) Preciso que venhas ver-me.
b) Procure não desapontá-lo.
c) O certo é fazê-los sair.
d) Sempre negaram-me tudo.
e) As espécies se atraem.

5. (EPCAR) Imagine o pronome entre parênteses no lugar devido e aponte onde não deve haver próclise:
a) Não entristeças. (te)
b) Deus favoreça. (o)
c) Espero que faças justiça. (se)
d) Meus amigos, apresentem em posição de sentido. (se)
e) Ninguém faça de rogado. (se)

6. (TTN) Assinale a frase em que a colocação do pronome pessoal oblíquo não obedece às normas do português padrão:
a) Essas vitórias pouco importam; alcançaram-nas os que tinham mais dinheiro.
b) Entregaram-me a encomenda ontem, resta agora a vocês oferecerem-na ao chefe.
c) Ele me evitava constantemente!... Ter-lhe-iam falado a meu respeito?
d) Estamos nos sentido desolados: temos prevenido-o várias vezes e ele não nos escuta.
e) O Presidente cumprimentou o Vice dizendo: - Fostes incumbido de difícil missão, mas cumpriste-la com denodo e eficiência.

7. (FTU) A frase em que a colocação do pronome átono está em desacordo com as normas vigentes no português padrão do Brasil é:
a) A ferrovia integrar-se-á nos demais sistemas viários.
b) A ferrovia deveria-se integrar nos demais sistemas viários.
c) A ferrovia não tem se integrado nos demais sistemas viários.
d) A ferrovia estaria integrando-se nos demais sistemas viários.
e) A ferrovia não consegue integrar-se nos demais sistemas viários.

8. (FFCL-SANTO ANDRÉ) Assinale a alternativa correta:
a) A solução agradou-lhe.
b) Eles diriam-se injuriados.
c) Ninguém conhece-me bem.
d) Darei-te o que quiseres.
e) Quem contou-te isso?

9. (CESGRANRIO) Indique a estrutura verbal que contraria a norma culta:
a) Ter-me-ão elogiado.
b) Tinha-se lembrado.
c) Teria-me lembrado.
d) Temo-nos esquecido.
e) Tenho-me alegrado.

10. (MACK) A colocação do pronome oblíquo está incorreta em:
a) Para não aborrecê-lo, tive de sair.
b) Quando sentiu-se em dificuldade, pediu ajuda.
c) Não me submeterei aos seus caprichos.
d) Ele me olhou algum tempo comovido.
e) Não a vi quando entrou.

11. (MACK) Assinale a alternativa que apresenta erro de colocação pronominal:
a) Você não devia calar-se.
b) Não lhe darei qualquer informação.
c) O filho não o atendeu.
d) Se apresentar-lhe os pêsames, faço-o discretamente.
e) Ninguém quer aconselhá-lo.

12. (EPCAR) O que é pronome interrogativo na frase:
a) Os que chegaram atrasados farão a prova?
b) Se não precisas de nós, que vieste fazer aqui?
c) Quem pode afiançar que seja ele o criminoso?
d) Teria sido o livro que me prometeste?
e) Conseguirias tudo que desejas?

13. (TFT-MA) "O individualismo não a alcança." A colocação do pronome átono está em desacordo com a norma culta da língua, na seguinte alteração da passagem acima:
a) O individualismo não a consegue alcançar.
b) O individualismo não está alcançando-a.
c) O individualismo não a teria alcançado.
d) O individualismo não tem alcançado-a.
e) O individualismo não pode alcançá-la.

14. (SANTA CASA) Há um erro de colocação pronominal em:
a) "Sempre a quis como namorada."
b) "Os soldados não lhe obedeceram as ordens."
c) "Todos me disseram o mesmo."
d) "Recusei a idéia que apresentaram-me."
e) "Quando a cumprimentaram, ela desmaiou."

15. (BB) Pronome empregado incorretamente:
a) Nada existe entre eu e você.
b) Deixaram-me fazer o serviço.
c) Fez tudo para eu viajar.
d) Hoje, Maria irá sem mim.
e) Meus conselhos fizeram-no refletir.

16. (UC-MG) Encontramos pronome indefinido em:
a) "Muitas horas depois, ela ainda permanecia esperando o resultado."
b) "Foram amargos aqueles minutos, desde que resolveu abandoná-las."
c) "A nós, provavelmente, enganariam, pois nossa participação foi ativa."
d) "Havia necessidade de que tais idéias ficassem sepultadas."
e) "Sabíamos o que você deveria dizer-lhe ao chegar da festa."

17. (SANTA CASA) Do lugar onde ......., ....... um belo panorama, em que o céu ...... com a terra.
a) se encontravam - divisava-se - se ligava
b) se encontravam - divisava-se - ligava-se
c) se encontravam - se divisava - ligava-se
d) encontravam-se - divisava-se - se ligava
e) encontravam-se - se divisava - se ligava

18. (UF-RJ) Numa das frases, está usado indevidamente um pronome de tratamento. Assinale-a:
a) Os Reitores das Universidades recebem o título de Vossa Magnificência.
b) Sua Excelência, o Senhor Ministro, não compareceu à reunião.
c) Senhor Deputado, peço a Vossa Excelência que conclua a sua oração.
d) Sua Eminência, o Papa Paulo VI, assistiu à solenidade.
e) Procurei o chefe da repartição, mas Sua Senhoria se recusou a ouvir as minhas explicações.

19. (UF-MA) Identifique a oração em que a palavra certo é pronome indefinido:
a) Certo perdeste o juízo.
b) Certo rapaz te procurou.
c) Escolheste o rapaz certo.
d) Marque o conceito certo.
e) Não deixe o certo pelo errado.

20. (CARLOS CHAGAS) "Se é para ....... dizer o que penso, creio que a escolha se dará entre ....... ."
a) mim, eu e tu
b) mim, mim e ti
c) eu, mim e ti
d) eu, mim e tu
e) eu, eu e ti

21. (MACK) A única frase em que há erro no emprego do pronome oblíquo é:
a) Eu o conheço muito bem.
b) Devemos preveni-lo do perigo.
c) Faltava-lhe experiência.
d) A mãe amava-a muito.
e) Farei tudo para livrar-lhe desta situação.

22. (BRÁS CUBAS) "Alguém, antes que Pedro o fizesse, teve vontade de falar o que foi dito." Os pronomes assinalados dispõem-se nesta ordem:
a) de tratamento, pessoal, oblíquo, demonstrativo
b) indefinido, relativo, pessoal, relativo
c) demonstrativo, relativo, pessoal, indefinido
d) indefinido, relativo, demonstrativo, relativo
e) indefinido, demonstrativo, demonstrativo, relativo

23. (PUC) Na frase: "Chegou Pedro, Maria e o seu filho dela", o pronome possessivo está reforçado para:
a) ênfase
b) elegância e estilo
c) figura de harmonia
d) clareza
e) n.d.a

24. (FUVEST) Assinale a alternativa onde o pronome pessoal está empregado corretamente:
a) Este é um problema para mim resolver.
b) Entre eu e tu não há mais nada.
c) A questão deve ser resolvida por eu e você.
d) Para mim, viajar de avião é um suplício.
e) Quanto voltei a si, não sabia onde me encontrava.

25. (FMU) Suponha que você deseje dirigir-se a personalidades eminentes, cujos títulos são: papa, juiz, cardeal, reitor e coronel. Assinale a alternativa que contém a abreviatura certa da "expressão de tratamento" correspondente ao título enumerado:
a) Papa ............... V. Sa
b) Juiz ................. V. Ema
c) Cardeal ........... V.M.
d) Reitor ............... V. Maga
e) Coronel ............ V. A.

26. (FGV) Assinale o item em que há erro quanto ao emprego dos pronomes se, si ou consigo:
a) Feriu-se quando brincava com o revólver e o virou para si.
b) Ele só cuidava de si.
c) Quando V. Sa vier, traga consigo a informação pedida.
d) Ele se arroga o direito de vetar tais artigos.
e) Espere um momento, pois tenho de falar consigo.

27. (PUC) Assinale a alternativa que preencha corretamente as lacunas da frase ao lado: "............................ da terra natal, ....................... para as antigas sensações adormecidas."
a) Nos lembrando - despertamos-nos
b) Nos lembrando - despertamo-nos
c) Lembrando-nos - despertamos-nos
d) Nos lembrando - nos despertamos
e) Lembrando-nos - despertamo-nos

28. (FATEC) Indique em que alternativa os pronomes estão bem empregados:
a) Deixou ele sair.
b) Mandou-lhe ficar de guarda.
c) Permitiu-lhe, a ele, fazer a ronda.
d) Procuram-o por toda a parte.
e) n.d.a

29. (FATEC) Assinale o mau emprego do pronome:
a) Aquela não era casa para mim, comprá-la com que dinheiro?
b) Entre eu e ela nada ficou acertado.
c) Estava falando com nós dois.
d) Aquela viagem, quem não a faria?
e) Viram-no mas não o chamaram.

30. (SANTA CASA) Os técnicos .......... bem para os jogos, mas, .......... contra nova derrota, pediam que treinasse ainda mais.
a) o haviam preparado - se tentando precaver
b) haviam preparado-o - se tentando precaver
c) haviam preparado-o - tentando precaver-se
d) haviam-no preparado - se tentando precaver
e) haviam-no preparado - tentando precaver-se

31. (SANTA CASA) Nas frases abaixo:
1. Os miúdos corriam barulhentos, me pedindo dinheiro.
2. Dizia ele cousas engraçadas, coçando-se todo.
3. Ficarei no lugar onde encontro-me. Tem sombra.
4. Quando me vi sozinho, tremi de medo.
A ênclise e a próclise foram corretamente empregadas:
a) nas orações I e II
b) nas orações III e IV
c) nas orações I e III
d) nas orações II e IV
e) em todas as orações

32. (SANTA CASA) Devemos .......... da tempestade.
a) resguardar-mo-nos
b) resguardar-nos
c) resguardarmos-nos
d) resguardarmo-nos
e) resguardar-mos

33. (FAAP) Assinale a alternativa em que a colocação pronominal não corresponde ao que preceitua a gramática:
a) Há muitas estrelas que nos atraem a atenção.
b) Jamais dar-te-ia tanta explicação, se não fosses pessoa de tanto merecimento.
c) A este compete, em se tratando do corpo da Pátria, revigorá-lo com o sangue do trabalho.
d) Não o realizaria, entretanto, se a árvore não se mantivesse verde sob a neve.
e) n.d.a

34. (CARLOS CHAGAS) Os projetos que .......... estão em ordem; ........... ainda hoje, conforme .......... .
a) enviaram-me, devolvê-los-ei, lhes prometi
b) enviaram-me, os devolverei, lhes prometi
c) enviaram-me, os devolverei, prometi-lhes
d) me enviaram, os devolverei, prometi-lhes
e) me enviaram, devolvê-los-ei, lhes prometi

35. (CARLOS CHAGAS) Quando .......... as provas, .......... imediatamente.
a) lhes entregarem, corrijam-as
b) lhes entregarem, corrijam
c) lhes entregarem, corrijam-nas
d) entregarem-lhes, corrijam-as
e) entregarem-lhes, as corrijam

36. (CARLOS CHAGAS) Quem .......... estragado que .......... de .......... .
a) o trouxe - encarregue-se - consertá-lo
b) o trouxe - se encarregue - consertá-lo
c) trouxe-o - se encarregue - o consertar
d) trouxe-o - se encarregue - consertá-lo
e) trouxe-o - encarregue-se - o consertar

37. (BRÁS CUBAS) Apontar a sentença que deverá ser corrigida:
a) Poderá resolver-se o caso imediatamente.
b) Sabes o que se deverá dizer ao professor?
c) Poder-se-á resolver o caso imediatamente.
d) Sabe o que deverá dizer-se ao professor?
e) Poderá-se resolver o caso imediatamente.

38. (FMU) Assinale a única alternativa em que haja erro no emprego dos pronomes:
a) Vossa Excelência e seus convidados.
b) Mandou-me embora mais cedo.
c) Vou estar consigo amanhã.
d) Vós e vossa família estais convidados para a festa.
e) Deixei-o encarregado da turma.

39. (UF-SC) Observe os períodos abaixo:
1. Nunca soubemos quem roubava-nos nas medidas.
2. Pouco se sabe a respeito de novas fontes energéticas.
3. Nada chegava a impressioná-lo na juventude.
4. Dar-lhe-emos novas oportunidades.
5. Eles apressaram-se a convidar-nos para a festa.
a) Estão corretas I, II, III
b) Estão corretas II, III, V
c) Estão corretas III, IV, V
d) Estão corretas II, III, IV
e) Estão corretas I, III, IV

40. (SÃO JUDAS) Assinale a alternativa errada quanto à colocação pronominal:
a) Apesar de se contrariarem não me fariam mudar de idéia.
b) Que Deus te acompanhe por toda a parte.
c) Isso não me admira: eu também contrariei-me com o caso.
d) Conforme foi decidido espero que todos se compenetrem de seu dever.
e) n.d.a

41. (FECAP) Assinale a frase gramaticalmente correta:
a) Quando recebe-o em minha casa, fico feliz.
b) Tudo fez-se como você mandou.
c) Por este processo, teriam-se obtido melhores resultados.
d) Em se tratando disto, podemos contar com ele.
e) Me levantei assim que você saiu.

42. (UNB) Assinale a melhor resposta - O resultado das combinações: "põe + o", "reténs + as", "deduz + a", é:
a) pões-lo, reténs-la, dedu-la
b) põe-no, retém-nas, dedu-la
c) pões-lo, retém-las, deduz-la
d) põe-no, retém-las, dedu-la
e) põe-lo, retém-las, dedu-la

43. (UM-SP) Ninguém atinge a perfeição alicerçado na busca de valores materiais, nem mesmo os que consideram tal atitude um privilégio dado pela existência. Os pronomes destacados no período acima classificam-se, respectivamente, como:
a) indefinido - demonstrativo - relativo - demonstrativo
b) indefinido - pessoal oblíquo - relativo - indefinido
c) de tratamento - demonstrativo - indefinido - demonstrativo
d) de tratamento - pessoal oblíquo - indefinido - demonstrativo
e) demonstrativo - demonstrativo - relativo - demonstrativo

44. (UEPG-PR) "Toda pessoa deve responder pelos compromissos assumidos." A palavra destacada é:
a) pronome adjetivo indefinido
b) pronome substantivo indefinido
c) pronome adjetivo demonstrativo
d) pronome substantivo demonstrativo
e) nenhuma das alternativas acima é correta

45. (BB) O funcionário que se inscrever, fará prova amanhã.
Colocação do pronome - no texto:
1. Ocorre próclise em função do pronome relativo.
2. Deveria ocorrer ênclise.
3. A mesóclise é impraticável.
4. Tanto a ênclise como a próclise são aceitáveis.
a) correta apenas a primeira afirmativa
b) apenas a terceira é correta
c) somente a segunda é correta
d) são corretas a primeira e a terceira
e) a quarta é a única correta

46. (BB) Pronome mal colocado:
a) Lá disseram-me que entrasse logo.
b) Aqui me disseram que saísse. Chamem-me.
c) Posso ir, se me convidarem.
d) Irei, se quiserem-me.
e) Estou pronto.

47. (BB) Opção com pronome oblíquo colocado incorretamente:
a) Devemos lhe contar isto.
b) Devemos contar-lhe isto.
c) Não lhe devemos contar isso.
d) Deveríamos ter-lhe contado isto
e) Deveríamos ter contado-lhe isto.

48. (EECAR) Imagine o pronome entre parênteses no devido lugar e aponte a opção em que não deve haver próclise:
a) Não desobedeças. (me)
b) Deus pague. (lhe)
c) Caro amigo, dize a verdade. (me)
d) A mão que estendemos é amiga. (te)
e) Assim que sentiu prejudicado, saiu. (se)

49. (ITA) Dada as sentenças:
1. Seria-nos mui conveniente receber tal orientação.
2. Em hipótese alguma enganaria-te.
3. Você é a pessoa que delatou-me.
Constatamos que está (estão) correta(s):
a) apenas a sentença número 1
b) apenas a sentença número 2
c) apenas a sentença número 3
d) todas as sentenças
e) n.d.a

50. (UF-PR) Quais são as frases que têm o pronome oblíquo mal empregado?
1. Ninguém falou-me jamais dessa maneira.
2. Bons ventos o levem!
3. Ele recordar-se-á com certeza do vexame sofrido.
4. As pastas que perderam-se, não foram as mais importantes.
5. Confesso que tudo me pareceu confuso.
6. Me empreste o livro!
7. Por que permitir-se-iam esses abusos?
a) 1 - 4 - 6 - 7
b) 2 - 3 - 5 - 7
c) 1 - 2 - 3 - 6
d) 3 - 4 - 5 - 6
e) 1 - 3 - 5 - 7

51. (UF-PR) Aponte a alternativa que contém o período correto quanto à colocação do pronome pessoal:
a) Se encontrá-lo, não lhe diga que viu-me.
b) Se o encontrar, não lhe diga que viu-me.
c) Se encontrá-lo, não diga-lhe que me viu.
d) Se o encontrar, não diga-lhe que me viu.
e) Se o encontrar, não lhe diga que me viu.

52. (UC-PR) Marque a alternativa que indicar as posições a serem ocupadas pelos pronomes entre parênteses:
I - Não 1 enviar 2 ão 3 tais mercadorias. (me)
II - Em 1 tratando 2 de neuróticos, esta deve ser a solução. (se)
III - Já de pé, 1 banhando 2, ouço a campainha. (me)
IV - Não 1 tinhas falado 2 disto! (me)
V - 1 vais contar 2 o que se passou. (me)
a) 1, 1, 2, 1, 2
b) 1, 1, 1, 1, 1
c) 3, 1, 2, 2, 1
d) 1, 2, 1, 1, 2
e) 2, 1, 2, 2, 2

53. (UE LONDRINA-PR) Admirou-me a despesa por que não .......... que o presente .......... tão caro.
a) me havias dito - iria custar-te
b) havias-me dito - iria te custar
c) me havias dito - iria-te custar
d) havias me dito - te iria custar
e) havias me dito - iria-te custar

54. (MEDICINA SANTOS-SP) Assinale a alternativa que corresponde às frases com erro de colocação pronominal:
I - Acho que não o encontrá-lo-emos mais.
II - Em se concluindo o expediente, cerraram-se as portas.
III - Não devemos ensinar-lhe a lição.
IV - Ela havia acenado-lhe com a mão.
V - Havia-me ela acenado com a mão.
VI - Muitos foram-se para o estrangeiro.
a) IV - I - VI
b) IV - II - VI
c) III - V - II
d) III - I - V
e) todas

55. (CATANDUVA-SP) Assinale as frases incorretas quanto à colocação dos pronomes:
1. Quando lhe deram o prêmio, por que você não o aceitou?
2. Aqueles jornais, onde os colocaste?
3. Muitos foram-se para o estrangeiro em busca de emprego.
4. Se afastares-te do local, perdê-lo-ás.
5. Faça-o como te ordenaram.
Qual a alternativa correta?
a) 2 e 3 estão incorretas
b) 3 e 4 estão incorretas
c) 4 e 5 estão incorretas
d) só a 4 está incorreta
e) 3, 4 e 5 estão incorretas

56. (DIREITO DE CURITIBA-PR) Marque com um V a colocação verdadeira e com um F a colocação falsa dos pronomes oblíquos nas orações abaixo:
( ) Não lhe quero chamar agora.
( ) Dir-se-ia que todos preferem lhe ocultar os fatos.
( ) Já notavam-se diferenças sensíveis nas primeiras horas.
( ) Todos querem-lhe perguntar sobre a viagem.
( ) Ele tem preocupado-se bastante com as provas.
( ) Alguém me havia falado do teu caso.
( ) Ninguém interessou-se pelo programa.

A seqüência correta de letras, de cima para baixo, é:
a) V - F - F - F - F - V - F
b) F - F - F - V - V - V - F
c) V - V - F - F - V - V - F
d) V - F - F - V - F - F - V
e) F - V - V - F - V - F - V

57. (PUC-RS) Complete convenientemente as lacunas: Logo que ................, ................ cientes de que não ................ .
a) os vir - os farei - os poderemos contratar
b) os ver - fá-los-ei - poderemo-los contratar
c) vê-los - fá-los-ei - podemos contratá-los
d) os vir - fá-los-ei - podemos contratá-los
e) os ver - far-lhes-ei - poderemos contratá-los

58. (AGENTE FISCAL-PR) Distingua o item no qual a colocação dos pronomes está exata:
a) Vender-no-la-íamos por quê? Devolvida-me a carta, partirei. Eles e elas se desculparam. Deram-nos. O que não deve dizer-me?
b) Tenho queixado-me com razão. Deram-nos. Depois de devolvido-lhe o recibo, ficarei sossegado. O que não se deve dizer? Tens a obrigação de me pagares tudo.
c) Deus te abençoe! Será proveitoso estudando a lição e não decorando-a. O que não deve-se dizer? Irei quando convidar-me-ão. Se se quiser, tudo irá bem.
d) Valha-me Jesus! Ó João, se levante! Tenho alcançado-te nas provas. Não se as procuram. O que me preocupa, é esta prova.
e) Peça e dar-se-lhe-á. Por que vo-las venderíamos? O livro, meus amigos, hei de devolver-lho. A carta e o dinheiro não os remeterei logo. O que se não deve dizer?

59. (UDESC) Assinale com V a colocação verdadeira e com F a colocação falsa dos pronomes oblíquos átonos, nos períodos abaixo:
( ) Ele tem dado-se muito bem com esse nosso clima.
( ) Talvez a luz contínua e ofuscante tenha-me afetado a visão.
( ) Ninguém retirara-se antes do encerramento do conclave.
( ) Tudo me parecia bem até que me alertaram do perigo que corria.
( ) Em se tratando de artes, preferimos sempre a divina música.
( ) Dir-se-ia que fatos dessa natureza não mais ocorreriam.
A seqüência correta de letras, de cima para baixo, é:
a) F, F, V, F, V, V d) F, V, V, F, V, V
b) V, V, F, V, F, F e) V, F, F, V, F, F
c) F, V, F, V, V, V

60. (ITA) O pronome pessoal oblíquo átono está bem colocado em um só dos
períodos. Qual?
a) Isto me não diz respeito! respondeu-me ele, afetadamente.
b) Segundo deliberou-se na sessão, espero que todos apresentem-se na hora conveniente.
c) Me entenda! Lhe não disse isto!
d) O conselho que dão-nos os pais, levamo-los em conta mais tarde.
e) Amanhã contar-te-ei por que peripécias consegui não envolver-me.

61. (TRE-MT) Segundo a norma culta, a colocação do pronome pessoal sublinhado está incorreta em:
a) Companheiros, escutai-me!
b) Não nos iludamos, o jogo está feito.
c) Dir-se-ia que os amigos tinham prazer em falar difícil.
d) Queria convidá-lo a participar da festa.
e) Não entreguei-lhe a carta.

62. (FGV) Leia atentamente as seguintes frases:
I - João deu o livro para mim ler.
II - João deu o livro para eu ler.
A respeito das frases anteriores assinale a afirmação correta:
a) A frase I está certa, pois a preposição exige o pronome oblíquo mim.
b) A frase II está certa, pois o sujeito de ler dever ser o pronome do caso reto eu.
c) A frase I está certa, pois mim é objeto direto de deu.
d) A frase II está certa, pois para exige o pronome do caso reto eu.
e) Ambas as frases estão corretas, pois a preposição para pode exigir tanto o forma mim quanto a forma eu.

63. (CESGRANRIO) Assinale a opção que completa as lacunas da seguinte frase: Ao comparar os diversos rios do mundo, defendia com azedume e paixão a proeminência .................. sobre cada um ................. .
a) desse, daquele
b) daquele, destes
c) deste, daqueles
d) deste, desse
e) deste, desses

64. (UEPG-PR) Assinale a alternativa em que a palavra onde funciona como pronome relativo:
a) Não sei onde eles estão.
b) "Onde estás que não respondes?"
c) A instituição onde estudo é a UEPG.
d) Ele me deixou onde está a catedral.
e) Pergunto onde ele conheceu esta teoria.

65. (UEPG-PR) "Toda pessoa deve responder pelos compromissos assumidos." A palavra destacada é:
a) pronome adjetivo indefinido
b) pronome substantivo indefinido
c) pronome adjetivo demonstrativo
d) pronome substantivo demonstrativo
e) nenhuma das alternativas é correta

66. (UNIRIO) Assinale o item que completa convenientemente as lacunas do trecho: A maxila e os dentes denotavam a decrepitude do burrinho; .........., porém, estavam mais gastos que .......... .
a) esses, aquela
b) estes, aquela
c) estes, esses
d) aqueles, esta
e) estes, esses

67. (LONDRINA-PR) Foram divididos .......... próprios os trabalhos que .......... em equipe.
a) conosco - se devem realizar
b) com nós - devem-se realizar
c) conosco - devem realizar-se
d) com nós - se devem realizar
e) conosco - devem-se realizar

68. (CARLOS CHAGAS-PR) Se ninguém .......... a verdade, e se precisei lutar para .........., nada .......... a respeito.
a) disse-me, a encontrar, se falou
b) disse-me, encontrá-la, se falou
c) me disse, a encontrar, falou-se
d) disse-me, encontrá-la, falou-se
e) disse-me, a encontrar, se falou

69. (CARLOS CHAGAS-PR) Quanto .......... se .......... no ponto que ..........!
a) alegrar-nos-íamos, atendêsseis, solicitamo-vos
b) alegraríamos-nos, atendêsseis-nos, solicitamos-vos
c) alegrar-nos-íamos, atendêssei-nos, solicitamo-vos
d) nos alegraríamos, atendêsseis-nos, vos solicitamos
e) nos alegraríamos, nos atendêsseis, vos solicitamos

70. (CARLOS CHAGAS-PR) Nada .......... sem que .......... a .......... .
a) far-se-á, nos disponhamos, lhe perdoar
b) se fará, disponhamo-nos, perdoar-lhe
c) se fará, nos disponhamos, perdoar-lhe
d) far-se-á, disponhamo-nos, lhe perdoar
e) far-se-á, nos disponhamos, perdoar-lhe

71. (FIUBE-MG) Assinale o item em que não aparece pronome relativo:
a) O que queres não está aqui.
b) Temos que estudar mais.
c) A estrada por que passei é estreita.
d) A prova que faço não é difícil.
e) A festa a que assisti foi ótima.

72. (FUVEST) Conheci que (1) Madalena era boa em demasia... A culpa foi desta vida agreste que (2) me deu uma alma agreste. Procuro recordar o que (3) dizíamos. Terá realmente piado a coruja? Será a mesma que (4) piava há dois anos? Esqueço que (5) eles me deixaram e que (6) esta casa está quase deserta. Nas frases acima o que aparece seis vezes; em três delas é pronome relativo. Quais?
a) 1, 2, 4
b) 2, 4, 6
c) 3, 4 , 5
d) 2, 3, 4
e) 2, 3, 5

73. (PUC-C) Assinale a alternativa onde a palavra em destaque é pronome:
a) O homem que chegou é meu amigo.
b) Notei um quê de tristeza em seu rosto.
c) Importa que compareçamos.
d) Ele é que disse isso?
e) Vão ter que dizer a verdade.

74. (ETF-SP) Estamos certos de que V. Exa. .......... merecedor da consideração que......... dispensam .......... funcionários.
a) é - lhe - vossos
b) é - lhe - seus
c) é - vos - vossos
d) sois - lhe - seus
e) sois - vos - vossos

75. (TRT) Indique a opção incorreta:
a) Receba Vossa Excelência os cumprimentos de seus subordinados.
b) Sua Excelência, o Ministro da Justiça, chegou acompanhado de outras autoridades.
c) Reiteramos nosso apreço a Vossa Senhoria e vossos subordinados.
d) Solicitamos a Sua Senhoria que encaminhasse suas sugestões por escrito.
e) Concordamos com Vossa Excelência e com seus subordinados.

76. (TRT) Marcar o único caso de mesóclise obrigatória:
a) Sempre diria a verdade. (te)
b) Alguns arrependerão. (se) c) Contarás tudo. (me)
d) O menino não ajudará. (nos)
e) Quem resolverá a ir conosco? (se)

77. (BANESPA) Assinale a alternativa em que o uso da mesóclise é incorreto:
a) Nunca sujeitar-me-ia a tal exigência.
b) Dir-se-ia que ela tem menos de 40 anos.
c) Convencê-lo-ei, se puder.
d) Dize-me com quem andas, dir-te-ei quem és.
e) Perdoar-te-ia mil vezes, se preciso.

78. (ESAF) O pronome pessoal está empregado incorretamente em:
a) Não consegui entendê-lo naquela confusão.
b) É para mim fiscalizar aqueles volumes.
c) Tudo ficou esclarecido entre mim e ti.
d) Por favor, mande-o entrar e sentar-se.
e) Fizeram-no esperar demais hoje.

79. (ESAF) Assinale a frase em que o pronome oblíquo átono está colocado incorretamente:
a) O guarda chamou-nos a atenção para os pivetes.
b) Quantas lágrimas se derramaram pelo jovem casal!
c) Ninguém nos convencerá de que esta notícia seja verdade.
d) As pessoas afastaram-se daquele pacote suspeito.
e) O vizinho cumprimentou o casal, se retirando imediatamente.

80. (UFP-CURITIBA) Complete com os pronomes e indique a opção correta, dentre as indicadas abaixo:
1. De repente, deu-lhe um livro para .......... ler.
2. De repente, deu um livro para .......... .
3. Nada mais há entre .......... e você.
4. Sempre houve entendimentos entre .......... e ti.
5. José, espere vou .......... .
a) ele, mim, eu, eu, consigo
b) ela, eu, mim, eu, contigo
c) ela, mim, mim, mim, com você
d) ela, mim, eu, eu, consigo
e) ela, mim, eu, mim, contigo

81. (CARLOS CHAGAS) Acredito que todos .......... dizer que não .......... .
a) lhe irão - se precipite
b) lhe irão - precipite-se
c) irão-lhe - se precipite
d) irão lhe - precipite-se
e) ir-lhe-ão - se precipite

82. (SANTA CASA) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas da frase inicial: Vossa Excelência ............ que eu ............ traga ............ jornal?
a) quer - lhe – vosso
b) quer - vos - seu
c) quereis - vos - vosso
d) quer - lhe - seu
e) quereis - lhe - vosso

83. (FATEC) O pronome pessoal oblíquo átono está bem colocado em:
a) Certos pormenores não te interessam.
b) Queremos que todos sintam-se felizes.
c) Me empresta o lápis?
d) As cartas que enviaram-nos serão respondidas brevemente.
e) Não contar-te-ei a última novidade.

84. (SANTA CASA) Examinar as frases:
I - Aqui, despedimo-nos.
II - Nada me preocupa.
III - Aqui se arruma tudo.
IV - Contei sem magoar-te os ouvidos!
Ocorre erro na colocação dos pronomes:
a) na I e na II, apenas
b) na III e na IV, apenas
c) em todas as frases
d) na II e na IV, apenas
e) em nenhuma delas

85. (MACK) "Este inferno de amar - como eu amo! - / Quem mo pôs aqui n’alma ... quem foi? / Esta chama que alenta e consome, / Que é a vida - e que a vida destrói - / Como é que se veio a atear, / Quando - ai quando se há-de apagar? (Almeida Garret)
No texto, os pronomes eu - quem - este, são, respectivamente:
a) indefinido - pessoal - indefinido
b) pessoal - interrogativo - demonstrativo
c) pessoal - indefinido - demonstrativo
d) interrogativo - pessoal - indefinido
e) indefinido - pessoal - interrogativo

86. (TRE-SP) Ninguém .......... àquela árdua tarefa, antes, .......... a outros.
a) dedicar-se-á - passam-na
b) se dedicará - passam-a
c) dedicar-se-á - passam-la
d) se dedicará - passam-na
e) dedicar-se-á - passam-a

87. (TRE-SP) O auxiliar judiciário discutiu .......... mesmos a respeito de possíveis desentendimentos entre .......... e .......... .
a) conosco - eu - ti
b) com nós - mim -tu
c) com nós - mim - ti
d) conosco - eu - tu
e) conosco - mim - ti

88. (TRE-SP) V. Excelência ......... fazer o que ......... for possível, para que .......... prestígio se mantenha.
a) deveis - vos - vosso
b) deveis - lhe - seu
c) deveis - lhe - vosso
d) deve - vos - seu
e) deve - lhe - seu

89. (TRE-SP) Traga os relatórios ainda hoje, para .......... com vagar.
a) eu lê-los
b) mim ler-los
c) mim lê-los
d) mim ler-lhes
e) eu ler-los

90. (TRE-SP) Quando V. Senhoria .......... que .......... auxilie, bastar chamar-me pelo interfone que está sobre a .......... mesa.
a) desejardes - vos - vossa
b) desejar - o - vossa
c) desejardes - vos - sua
d) desejar - vos - vossa
e) desejar - o - sua

Administrador
Admin
Admin

Mensagens: 152
Data de inscrição: 28/07/2011
Idade: 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Atividade sobre Romantismo (Brasil) e Pronomes (Junho / 2012)

Mensagem  Administrador em Ter Jun 26, 2012 5:18 am

GABARITO: ROMANTISMO - BRASIL


Spoiler:

1 - E
8 - F - V - F - F - V
10 - E
11 - C
12 - B
13 - A
14 - E
15 - D
16 - A
17 - E
18 - B
27 - E

As questões que não estão neste gabarito, são as subjetivas que foram discutidas em sala de aula.

GABARITO: PRONOMES


Spoiler:

1 - D 23 - D 45 - D 67 - D 89 - A
2 - A 24 - D 46 - D 68 - B 90 - E
3 - D 25 - D 47 - E 69 - E
4 - D 26 - E 48 - C 70 - C
5 - D 27 - E 49 - E 71 - B
6 - D 28 - C 50 - A 72 - D
7 - B 29 - B 51 - E 73 - A
8 - A 30 - E 52 - A 74 - B
9 - C 31 - D 53 - A 75 - C
10 - B 32 - B 54 - A 76 - C
11 - D 33 - B 55 - B 77 - A
12 - B 34 - E 56 - A 78 - B
13 - D 35 - C 57 - D 79 - E
14 - D 36 - B 58 - E 80 - C
15 - A 37 - E 59 - C 81 - A
16 - A 38 - C 60 - A 82 - D
17 - A 39 - D 61 - E 83 - A
18 - D 40 - C 62 - B 84 - E
19 - B 41 - D 63 - C 85 - B
20 - C 42 - D 64 - C 86 - A
21 - E 43 - A 65 - A 87 - C
22 - E 44 - A 66 - B 88 - E

Administrador
Admin
Admin

Mensagens: 152
Data de inscrição: 28/07/2011
Idade: 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum